Responsive Ad Slot

Dr. Neidson quer inspeção técnica do Tribunal de Contas para levantar situação financeira da Saúde Pública de Guajará-Mirim

Caos na saúde do município tem refletido em inúmeras denúncias e reivindicações da população prejudicada

13 de dezembro de 2018

/ por: Assessoria Parlamentar
Visando a análise da situação financeira da Saúde Pública do município de Guajará-Mirim e uma possível necessidade de intervenção, o deputado Dr. Neidson (PMN) requereu uma inspeção técnica do Tribunal de Contas do Estado, incluindo, as Unidades de Saúde da cidade, em especial, o Hospital Regional.

A iniciativa do parlamentar se deu em razão do grande fluxo de denúncias e reivindicações da população local e regiões adjacentes encaminhadas a ele.

“Os moradores relatam vastos transtornos, tanto nos atendimentos prejudicados pela falta de profissionais, quanto na indisponibilidade de medicamentos. Isso acaba obrigando os munícipes viajarem até Porto Velho, uma distância de mais de 300 km, enfrentando estradas precárias em busca de assistência médica”, informou Dr. Neidson.

O caos instalado na Saúde Pública de Guajará-Mirim já se arrasta por anos. Em 2016, o problema foi relatado pelo Ministério Público de Rondônia (MP), que, para sanar o problema, apresentou ao Poder Judiciário, Ação Civil Pública visando a adoção de providências imediatas.

A época, o MP relatou diversos descasos no âmbito da saúde municipal, especialmente no que dizia respeito ao atendimento no Hospital Regional. O órgão asseverou ainda que, a despeito dos diversos investimentos, emendas parlamentares, capacitações e mutirões realizados para solução dos problemas apontados, a direção do hospital não apresentou capacidade de mantê-lo em funcionamento com padrões mínimos de qualidade, haja vista que há pelo menos sete anos o dilema já seria o mesmo e até então, nada teria sido providenciado para solucionar o caos.

“Não podemos mais aceitar que essa situação continue se arrastando por anos e a população sofrendo em detrimento de uma má gestão. Aguardaremos a inspeção do Tribunal de Contas para averiguarmos os motivos os quais, mesmo recebendo recursos, a saúde de Guajará-Mirim não consegue atender a demanda do município”, concluiu Dr. Neidson.
Don't Miss
© Todos os Direitos Reservados
Feito com em Porto Velho por Harlley Rebouças