A implantação do curso de Direito no polo da Fundação da Universidade Federal de 
Rondônia-Unir, em Guajará-Mirim será tema de audiência pública na próxima sexta-feira (11), a partir das 9h no Plenário da Assembleia Legislativa. A indicação para o debate é dos deputados Dr. Neidson (PMN) e Jesuíno Boabaid (PTdoB).

O objetivo do evento, segundo os parlamentares, é para que o curso funcione de forma definitiva no município, promovendo maiores oportunidades aos jovens estudantes, que, na maioria das vezes, necessitam residir na capital para poder estudar.

O curso funciona em Guajará-Mirim de forma precária desde 2013 quando foi instalado. “Mas atua em decorrência de liminar proferida pela Justiça Federal”, afirma Dr. Neidson. Foi a Justiça, afirma que determinou que a Unir cumprisse as ofertas previstas do curso, derivado do similar existente em Porto Velho.

No entanto, o curso não é estável e os acadêmicos encontram dificuldades, pois não há ofertas regulares de vagas pelo Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). “Além disso, falta estrutura e docentes”, afirma Dr. Neidson.

Para Boabaid, não há razão para impedirem a implantação do curso de Direito, de forma estável, em Guajará-Mirim. “Por isso vamos debater e encontrar uma soluça, pois a aceitação por parte da comunidade guajaramirense é unânime”.

Fonte: Decom/ALE-RO.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem