Responsive Ad Slot

Dr. Neidson diz que ações na saúde começam a produzir melhorias

Parlamentar destacou contribuição de audiência pública realizada para debater o setor

29 de maio de 2019

/ por: Assessoria Parlamentar
O deputado estadual Dr. Neidson (PMN) usou a tribuna na sessão ordinária desta terça-feira (28), para destacar reunião ocorrida na Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, que ouviu diretores de unidades estaduais e membros da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau).

Eles apresentaram dados sobre o desenrolar das ações, após a audiência pública realizada em abril no Legislativo, para tratar das responsabilidades municipal e estadual nas unidades de saúde no município de Porto Velho.

"Nesta manhã, recebemos representantes da Sesau na Comissão de Saúde, para tratarmos da situação da responsabilidade. Pelo que foi debatido, já estamos obtendo resultados desse trabalho, fortalecido com a audiência realizada nesta Casa. O João Paulo II não tem mais pacientes no estacionamento externo, o que é um avanço. No Cosme e Damião, ainda não foram sentidas mudanças no fluxo de pacientes, mas há uma expectativa nesse sentido, já que a prefeitura chamou pediatras para integrar os quadros das unidades municipais de saúde", destacou Neidson.

Pontes
Dr. Neidson também ressaltou que emitiu parecer favorável, na Comissão de Finanças e Tributação, nesta terça-feira, ao projeto de lei 051/19, de autoria do Executivo, que garantiu a abertura de crédito suplementar por excesso de arrecadação, até o montante de R$ 1.661.225,23, em favor do Fundo Especial do Corpo de Bombeiros Militar (Funesbom).

"Esse é um processo iniciado em 2014, quando da grande cheia que atingiu Rondônia. O recurso estava quase perdido, mas fizemos gestões junto ao Ministério da Integração Nacional e agora esse convênio foi liberado", explicou o parlamentar.

Esse recurso vai beneficiar a construção de pontes nos municípios de Nova Mamoré, nos rios Ribeirão, Periquintinho e Periquitão; Pimenta Bueno, nos rios Araçá, Arumã, Palmeiras e Limão; e Guajará-Mirim, nos rios Salomão e Bananeiras.

Hospital de Guajará-Mirim
O parlamentar também manifestou a sua preocupação com a paralisação na obra do hospital de Guajará-Mirim, iniciada há 10 anos e com 90% já concluída.

"Sempre tenho acompanhado e buscado dar celeridade aos serviços, para que possa deixar de ser um elefante branco e passe a atender à população. Infelizmente, a promessa de compra de equipamentos, no Governo anterior, se resumiu apenas à compra de mobiliário", observou.

Dr. Neidson disse ainda que na próxima reunião da Comissão de Saúde, a empresa responsável pela obra do hospital de Guajará, representantes da Caixa e da Sesau, serão ouvidos.

Texto: Eranildo Costa Luna-Decom-ALE-RO
Foto: José Hilde-Decom-ALE-RO















Don't Miss
© Todos os Direitos Reservados
Feito com em Porto Velho por Harlley Rebouças