Durante o pequeno expediente da sessão ordinária desta terça-feira (16) o deputado Dr. Neidson (PMN) pediu apoio dos colegas parlamentares para a aprovação de uma recomendação legislativa ao Executivo, para que seja colocada em funcionamento uma usina de oxigênio em Guajará-Mirim. Ele explicou que o equipamento está parado em um hospital em construção há quase dez anos.

O deputado Dr. Neidson lembrou que na última segunda-feira (15) participou de uma reunião online onde foi discutida a possível falta de oxigênio em Rondônia. Ele citou que a estimativa feita pelo Ministério da Saúde seria de 5 mil cilindros para o Estado, mas foi decidido que serão encaminhados 200.

“Já ajuda, mas infelizmente muitas empresas que fornecem oxigênio não estão dando conta de atender os municípios. Espero que a oferta não seja cessada, mas o melhor é colocarmos a usina existente em Guajará-Mirim em funcionamento. A capacidade de produção é de 10 mil metros cúbicos”, acrescentou o parlamentar.

Dr. Neidson afirmou que o governador está sensível à situação da possibilidade de faltar oxigênio, por isso deverá operacionalizar a usina, que além de Guajará-Mirim atenderá o município de Nova Mamoré e parte de Porto Velho.

“A responsabilidade de comprar oxigênio é da prefeitura, mas quando os municípios não conseguem atender às demandas, pedem apoio ao governo”, finalizou o deputado Dr. Neidson.

Texto: Nilton Salina-ALE/RO
Foto: Diego Queiroz-ALE/RO

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem