Atendendo a uma solicitação da Câmara Municipal de Cacoal, por meio da Frente Parlamentar de Vereadores da Macrorregião II de Rondônia, o deputado Dr. Neidson (PMN) indicou ao Poder Executivo que, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), seja realizada a contratação de médicos especialistas para atenderem as demandas do Hospital de Urgência e Emergência Regional (Heuro) e do Hospital Regional de Cacoal (HRC).

Após a realização do 1º Encontro em prol da Saúde, no dia 28 de junho, as lideranças fizeram um relatório apontando todas as demandas e necessidades do Heuro e do Hospital Regional de Cacoal (HRC), inclusive, a necessidade, urgente, da contratação de médicos nas áreas de cardiologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ortopedia, cirurgiões, entre outros profissionais médicos.

De acordo com os vereadores, os dois hospitais estariam enfrentando uma série de dificuldades para prestarem atendimento especializado para a população de Cacoal e região. O motivo da atual situação, segundo as lideranças municipais, se deve a pandemia ocasionada pelo Coronavírus. “Muitos médicos foram requisitados para darem um suporte ainda maior às necessidades dos pacientes graves acometidos pela Covid-19, o que acabou acarretando na defasagem de médicos especialistas para atenderem no Heuro e no HRC ”, ressaltou Dr. Neidson.

Representando a Frente Parlamentar de Vereadores da Macrorregião II de Rondônia, o vice-presidente da Câmara de Cacoal, vereador Magnilson Mota (PSC), o primeiro secretário, vereador Edimar Kapiche (PSDB) e o segundo secretário, vereador Luiz Fritz (PSD), se reuniram com o deputado na manhã desta terça-feira (20) para acompanharem as reivindicações apontadas no relatório, encaminhado ao parlamentar.

“Sabemos da importância de tomarmos providências para resolvermos essa situação o quanto antes e já estamos trabalhando para isso, afinal, mesmo com o triste cenário de pandemia, a população precisa dos atendimentos em especialidades, das cirurgias eletivas e de toda a assistência de saúde que lhes é de direito e dever do Estado”, concluiu Dr. Neidson.

Também assinaram o relatório, o presidente da Câmara Municipal de Cacoal, João Paulo Josisvan Coelho de Almeida (PSC), Lauro Costa Kloch (PSD), Paulo Henrique Silva (PTB), Paulo Roberto Duarte (PSB), Romeu Rodrigues Moreira (DEM) e Valdomiro Corá (MDB).

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem